A cavalo – Pelas Praias de Alagoas

Country Mar

Por Vanessa Omena

E por aqui me encontro cavalgando pelas idílicas praias do litoral sul alagoano. E a culpada por essa imersão em paisagens ainda tão pouco conhecidas ( até para um vivente das Alagoas, como eu) é a Jacira Omena, editora do site Viajar a Cavalo, idealizadora e operadora do roteiro Country Mar: Pelas praias de Alagoas. 

Os Encantos da região da Foz do São Francisco

Saí de Maceió acompanhada de um pequeno grupo, alguns vindos de longe, com destino para o município de Feliz Deserto, logo ali, próximo a Foz do São Francisco, o tão cantado rio que nasce na serra da Canastra, em Minas Gerais, e vem abraçar o mar em Piaçabuçu, divisa entre Alagoas e Sergipe.

A grande imersão da viagem a cavalo

Como seria essa cavalgada entre praias quase desertas, dunas, fazendas de coqueiros e povoados ribeirinhos, alguns quase perdidos na imensidão da paisagem, seria uma novidade para quem está acostumada apenas com pequenos passeios a cavalo, pelos lugares de sempre. Mas o roteiro ( tão bem descrito no site Viajar a Cavalo) a cada dia surpreendia as expectativas não só pela beleza da paisagem, mas pela organização, o convívio, a diversidade dos percursos (montados sobre quatro patas ou navegando e se banhando nas águas da foz do velho chico), além da presença e paixão da idealizadora deste roteiro a cavalo, que juntou parceiros e mostrou que viajar a cavalo não se trata apenas de uma cavalgada a mais, mas, sobretudo, de uma experiência inesquecível por lugares que só quem tem a paixão por viagens a cavalo é capaz de descobrir, e oferecer. 

Diversidade de cenários

Entre os tantos pontos da cavalgada pelo ecossistema marinho, adentrando em áreas preservadas, passamos por uma comunidade quilombola e sua capelinha quase perdida no meio do areal, e de onde mais adiante avistamos o encontro do rio com o mar ; em outro percurso, cavalgando nas areias da praia, encontramos na maré baixa a carcaça de um navio encalhado que tombou durante a guerra, e remete às histórias de outros tempos; trilhas que passam por lugarejos com suas comunidades e peculiaridades, como o trato da palha da taboa feita pelas habilidosas artesãs; a cavalgada e o passeio de barco pela várzea da Marituba (o pantanal alagoano), além de outras surpresas no sentir esse prazer que é viajar a cavalo, como faziam os nossos antepassados e os que têm paixão por cavalos, como é o caso de Jacira, podem manter vivas.

Experiência e olhar de turista na valorização de nossas paisagens

Nossa anfitriã, com sua experiência em viagens a cavalo por várias partes do mundo, e com parceiros comprometidos em divulgar o destino, montou um roteiro que valoriza o potencial dessa região do baixo São Francisco, oferecendo uma experiência única em viajar por essas paragens curtindo plenamente a natureza, conhecendo a história e cultura de sua gente e vivenciando o espírito de viajar a cavalo.

E que venham outros roteiros de Viajar a Cavalo por essas terras tão lindas das alagoas!

Ah! As noites de lua cheia, desse comecinho do mês de dezembro, foram um brinde a mais nesses dias de cavalgada em um clima muito feliz, em Feliz Deserto e vizinhanças do belo litoral de Alagoas.(vbmo)

Anterior Viajar a Cavalo - Como participar dos grupos de viagem a cavalo????
Próximo Treinando Cavalos para Cavalgadas

Sobre o Autor

Vanessa Omena
Vanessa Omena 22 posts

Jornalista e escritora

*O conteúdo dessa matéria é de inteira responsabilidade do seu autor, não tendo a Viajar a Cavalo qualquer responsabilidade sobre o teor dessas informações.

Você também pode gostar de

Américas Leia e comente!

Viajar a Cavalo – Aparados da Serra/RS – Filme

Viagem a Cavalo pela região dos Aparados da Serra, entre Cambará do Sul e São José dos Ausentes

Santiago de Compostela – Bruna e Rodrigo Cunha – Alegria Peregrina

Bruna é quem responde as minhas perguntas sobre a viagem a cavalo que acabamos de fazer para Santiago de Compostela. Mas, consigo ouvir o Rodrigo dizendo de imediato “Tô dentro!”.
Os muitos Hahahahahahahaha que pontuam as suas respostas foram os mesmos que ouvi tantas vezes ao meu lado em uma simples conversa, em frente ao meu cavalo na trilha, e em tantas conversas com todos os outros amigos que estavam a peregrinar pelo Caminho.
Viajar a cavalo tem dessas coisas, nunca é apenas uma viagem, na maioria das vezes fazemos amigos para a vida a fora em meio a risadas e relaxantes musculares!

Viagem a Cavalo Leia e comente!

Wyoming: Bem-Vindos ao Velho Oeste!

O Estado do Wyoming também é conhecido como ‘Estado dos Caubóis’ pelas tradições equestres, festivais de rodeios, o mito de Bufallo Bill, o ‘Grande Caçador de Búfalos’, e é o habitat dos cavalos da raça Mustang.

Leia e comente!

Nenhum Comentário ainda

Você pode ser o primeiro a comentar esse post!