Adequação de Sela e Condutores Acima do Peso

Adequação de Sela e Condutores Acima do Peso

Fotos utilizadas pela autora

 

Por Sabine Schleese

Todos os cavaleiros e cavalos irão se beneficiarem de uma sela adequada. No entanto, as pessoas mais pesadas (refiro-me aqui as mulheres com peso acima de 80 quilos, e os homens com peso acima de 110 quilos) muitas vezes enfrentam uma gama diferente de desafios na busca de uma sela que se adeque a si, bem como aos seus cavalos.

 Adequando a sela ao cavaleiro ou amazona

É importante que a sela se adeque primeiro ao condutor. Não importa quão bem a sela se encaixa no cavalo, se o condutor não está confortável, o seu desconforto sempre será passado para o cavalo. Isso limita tanto o cavalo e cavaleiro em alcançar um ótimo desempenho.

Obviamente, um montador equilibrado tem uma melhor chance de não impactar negativamente o cavalo.

Para determinar se você está equilibrado em sua sela, sente-se em uma sela e, peça a um amigo para tirar uma foto e, em seguida, faça essas quatro perguntas:

• Existe a mesma quantidade de aba de sela e assento na frente e atrás de sua perna?

• Será que o comprimento aba termina 10-17 centímetros abaixo do seu joelho?

• Quando visto em um ângulo de 45 graus, a sua perna fica nivelada com a aba da sela, ou faz o seu joelho e dedo do pé virar para o lado?

• Você está sentada equilibrada em seus ossos de modo que seus ombros, quadris e calcanhares estejam naturalmente alinhados sem ajuda, sem sentir pressão na virilha?

 O gênero do condutor, o comprimento da perna, posição das pernas (articulação do quadril), circunferência do quadril, e peso, são todas essas variáveis que precisam ser considerados quando da adequação de uma sela para o montador.

 Aqui está um breve resumo de alguns pontos em geral na adequação condutor-sela que merecem serem vistos:

Tamanho do assento para acomodar as nádegas do condutor.

Largura do assento (a largura da sela beneficia o sacro) para acomodar a largura dos ossos das nádegas.

A cintura do assento (a emenda na região da virilha), que geralmente precisa ser mais ampla para as mulheres do que para os homens.

Colocação adequada da base do loro, o que deve permitir que a perna do condutor seja posicionada de modo que a orelha, ombro, quadril, e calcanhar estejam em alinhamento. Muitas mulheres geralmente precisam de extensão do loro para melhor acomodação, pelo o fato de que sua coxa é geralmente maior do que a sua perna.

Abertura do ângulo superior da sela (a área da sela entre o interior das coxas), que pode necessitar ser mais estreita para acomodar o ângulo de articulação do quadril em condutores mais pesados com coxas mais grossas.

Espuma do assento, o que deve melhorar o conforto e ajudar a apoiar as nádegas do piloto. 

Fotos utilizadas pela autora

Fotos utilizadas pela autora

O desconforto sentido por um condutor mais pesado que está montando em uma sela pequena demais será traduzido para o cavalo

Foto: Steven Lilley/Flickr

Foto: Steven Lilley/Flickr

Idealmente, o condutor mais pesado deve procurar um cavalo que tenha uma área grande o suficiente para acomodar uma sela grande, exigida pela conformação dele. 

Pequeno demais para o Condutor

Se um condutor mais pesado senta em uma sela que é muito pequena, ele não tem nenhuma chance de ter uma posição de sentar que seja flexível, e não será capaz de se movimentar em total harmonia com a oscilação do dorso do cavalo; isso efetivamente dobra seu peso natural. Montar em uma sela muito pequena também pode causar problemas de saúde no condutor, incluindo hérnias de disco, dor nas costas constantes e recorrentes infecções de bexiga, impotência e danos no quadril, ao ponto de exigir uso de prótese. Danos ao cavalo podem incluir claudicação, luxação sacroilíaca, danos vertebrais e nervos comprimidos ao longo da coluna vertebral – todas as condições dolorosas que podem resultar em problemas de comportamento, tais como refugo, tropeção, e recusa de trabalhar.

Muito grande para o cavalo

Idealmente, o condutor mais pesado deve procurar um cavalo que tenha uma área de apoio suficiente para acomodar uma grande sela (a superfície de rolamento de peso em que a sela senta) exigida pela maior conformação dele. A sela que é muito longa para o dorso do cavalo e ultrapassa a área de suporte de sela (que termina na décima oitava vértebra lombar) vai incidir sobre os rins do cavalo, ou, em éguas, sobre os ovários, causando desconforto e dor significativa para o cavalo. O cavalo ficará compreensivelmente relutante em seguir em frente ou em volta de si mesmo, e pode reagir resistindo, tropeçando, ou empinando – reações instintivas à dor, em vez de um esforço consciente para se comportar mal. Em cavalos mais estóicos, a parte traseira pode afundar em um movimento traseiro. Isso duplica efetivamente o peso do condutor já que ele se torna incapaz de oscilar com o movimento do cavalo, utilizando os quatro curvas naturais da sua coluna vertebral.

LEIA TAMBÉM!

Gordinhos Também Podem Cavalgar?

Aborda o tema sobre o preconceito que existe com indivíduos com sobrepeso e obesidade, nesse caso, no meio hípico. Mencionava casos de professores que se recusavam a dar aula de equitação para alunos acima do peso.

Normalmente, o condutor mais pesado ficará mais confortável em uma sela 18,5-19 polegadas, enquanto o cavalo médio tem uma área de suporte de sela que pode acomodar um painel de 17,5 polegadas. Este problema pode ser absorvido; nestes casos, dizemos que o topo da sela é para o condutor, enquanto a parte inferior da sela é para o cavalo.

viajaracavaloselapeso4

Foto: Schleese.

A sela deve ser colocada onde chamamos – área de apoio, com os três pontos da árvore atrás dos ombros e não muito depois da 18° vértebra lombar

Sela adequada ao Cavalo

É extremamente importante que a sela também seja ajustada ao cavalo e que as suas necessidades sejam levados em consideração. A sela deve deixar espaço suficiente ao redor da cernelha, para quando o cavalo estiver em movimento e os músculos começarem a “crescer” (contrair e expandir), a sela não pince. Os pontos da árvore precisam ter os mesmos ângulos dos ombros para permitir a liberdade de movimento (pense em “portas de correr”), e não ferir o cavalo por raspar a sensível cartilagem do ombro.

Além do comprimento da sela,a largura da árvore (não confundir com o ângulo da árvore) é crítica quando se considera o ajuste da sela ao cavalo. Condutores mais pesados necessitam de estofamento mais macio nos seus painéis de sela e as vezes acolchoados adicionais (já que a árvore é grande o suficiente para acomodar essa cobertura extra). É preciso que haja uma habilidosa acomodação da sela com painéis acolchoados em forma de bananas para compensar o peso extra do cavaleiro. Se os painéis forem muito retos, o peso do condutor e sela vão escavar o lombo ou os ombros do cavalo.

Fotógrafo: Marcel Jancovic / Shutterstock.com

Fotógrafo: Marcel Jancovic / Shutterstock.com

O dano causado ao lombo do cavalo por uma sela indevidamente ajustada, só será agravado pelo peso de um piloto cujo peso ou tamanho não é apropriado para capacidade de suporte de peso do cavalo, que é dependente do tamanho do cavalo e conformação. 

Importância de checar regularmente a adequação da sela

O ajuste de sela deve ser verificado regularmente, independentemente de se você é um condutor mais pesado, porque a conformação do cavalo vai mudando ao longo do tempo. No entanto, quanto mais pesado for o condutor,  mais frequentemente a sela terá de ser ajustada para se acomodar a essa mudança constante na forma do dorso do cavalo. Isto é em grande parte devido ao fato de que, com um condutor mais pesado, o preenchimento da sela irá se comprimir mais rápido,  perdendo a suavidade do assento.E uma vez que o equilíbrio e o ajuste fica comprometido, o condutor acaba por sentar duro e mais pesados sobre o dorso do cavalo.

Vamos lembrar que os cavalos não foram feitos para serem montados – que obrigamos eles a isso – e o peso não natural dessa atividade sobre o dorso do cavalo fará a conformação do cavalo mudar.

O ajuste apropriado de sela é fundamental para manter a saúde dorso do cavalo, e a melhor maneira de garantir isso é entender que os ajustes das selas terão de serem feitos com certa regularidade.

Para mais informações e detalhes, visite www.saddleforwomen.com


Fonte: Originalmente publicado no Canadian Horse Journal em novembro de 2013.

Anterior Viajes a Caballo
Próximo Viagem a Cavalo - Travessia no Pantanal/MS - Filme

Sobre o Autor

*O conteúdo dessa matéria é de inteira responsabilidade do seu autor, não tendo a Viajar a Cavalo qualquer responsabilidade sobre o teor dessas informações.

Você também pode gostar de

Textos Editoriais 4 Comentários

Gordinhos Também Podem Cavalgar?

Gordinhos podem, sim, cavalgar!
Com cavalos felizes e adequados aos seus pesos!

Quem Leva 1 Comentário

Cavalos Marchadores em Viagens pelo Mundo

Os cavalos marchadores pelas características de seu andamento trazem o conforto e prazer tão associados a esses momentos.

História, Arte & Literatura Leia e comente!

Viajar a Cavalo, Amazonas Sem Fronteiras, é a sua Paixão!

Antes mesmo de começar a traçar o perfil do grupo que havia sido convidado a participar do livro Cavalgar, Nossa Paixão, conheci uma das suas co fundadoras em uma viagem a cavalo pelo Sul do país – Verena Maria Banwart Suaiden.
Foi uma empatia gostosa e espontânea desde o primeiro momento! Ríamos e conversávamos sem parar!
A partir dali, ela se transformou em minha “cumadi”

Leia e comente!

Nenhum Comentário ainda

Você pode ser o primeiro a comentar esse post!