O Caminho e Destino de Santiago de Compostela a Cavalo

O Caminho e o Destino

O Caminho

Um Caminho tradicional que se renova a cada dia

O Caminho Francês é a rota de maior tradição histórica e a mais reconhecida internacionalmente. Seu trajeto através do norte da Península Ibérica, foi fixado com precisão em 1.135.

Via láctea guiando o Caminho

O Caminho de Santiago é popularmente associado à Via Láctea, por supostamente indicar o caminho para Santiago de Compostela à noite. A palavra Compostela, provém de campo de estrelas. O Caminho Francês é o “caminho” associado a Via Láctea.

Paulo Coelho – Diário de um Mago

A popularização do Caminho no Brasil e no mundo, deve muito ao escritor Paulo Coelho, que em seu livro “O Diário de Um Mago”, insere o cenário e lendas do Caminho no contexto da estória do seu livro, que teve repercussão extraordinária.

Símbolos do Caminho

O Caminho

Porém, antes disso, uma iniciativa simples foi o que mais impulsionou e motivou a presença de peregrinos no Caminho Francês de Santiago de Compostela. Em 1983 as recém-criadas comunidades autônomas por onde passam o Caminho Francês uniram esforços para sinalizar os roteiros com azulejos onde se encontrava desenhada a Vieira de Santiago. O problema é que os “peregrinos” levavam os azulejos como “recuerdo”, deixando sem sinalização vários trechos do Caminho.

O Cura de Cebreiro

Em 1984, o pároco da primeira localidade galega onde entra o Caminho Francês, O Cebreiro, teve uma brilhante iniciativa. O padre Elias Valiña Sampedro, “O Cura do Cebreiro”, um dia teve a feliz ideia de pedir uma lata de tinta amarela a uns funcionários de uma obra de melhoramento de uma via em Cebreiro. Como estavam a usar a tinta amarela para sinalização temporária, o padre Elias aproveitou e junto com outros entusiastas do caminho espalharam a tradição de pintar de amarelo a sinalização que iria ao auxiliar os peregrinos a caminho de Compostela. No primeiro encontro Jacobeo celebrado em Santiago de Compostela, foi nomeado Comissário do Caminho de Santiago, e foi responsável por motivar a criação das várias associações dos amigos do Caminho que existem no mundo.O Caminho

O que nos leva a fazer o Caminho?

Seja qual for a sua motivação para conhecer esta rota medieval, o fato é que este caminho tem atraído gente de vários continentes, inclusive milhares de brasileiros ávidos por conhecer este cenário por onde já passaram reis, beatos, santos, guerreiros, e que na literatura já gerou muitos relatos de experiências.

 Veja  as Opções do Caminho Francês a Cavalo que nós reservamos para você!

Duas Opções para você fazer o Caminho Francês

  • Astorga – Santiago de Compostela
  • O Cebreiro – Santiago de Compostela

Desde Astorga – 250 km

12 dias/11 noites/10 dias a cavalo.

O Caminho

Desde Cebreiro – 156 km

9 dias/8 noites/ 7 dias a cavalo

Uma equipe ao seu dispor para te oferecer o melhor

  • Para que possamos aproveitar tudo isso, todas as providencias foram tomadas. Teremos uma equipe de guias de qualidade excepcional que fornecerá dia a dia informações relevantes sobre as localidades por onde iremos passar; organizará visitas as atrações nas diversas regiões; providenciará as mais deliciosas e típicas refeições, e reservará os melhores hotéis possíveis para que você possa relaxar com conforto ao final de cada dia.
  • Ao mesmo tempo, uma equipe de apoio estará atenta a sua adaptação ao cavalo e sela; acompanhará com guia brasileiro e espanhol o grupo; fará assistência nas travessias de vilas e estradas que ocorrem no Caminho; transportará suas bagagens; e cuidará do bem-estar dos nossos cavalos durante, e ao final de cada dia do percurso.

Solicite a programação dia a dia de cada opção!!

Contato [email protected]


Veja o que já foi publicado sobre – O Caminho de Santiago de Compostela a Cavalo:

Caminho Francês de Santiago de Compostela Santiago de Compostela – Branca Octaviani – Peregrina a Cavalo Santiago de Compostela – Bruna e Rodrigo Cunha – Alegria Peregrina Compostela – Peregrino a Cavalo
Anterior Compostela - Peregrino a Cavalo
Próximo Quem foi Santiago de Compostela?

Sobre o Autor

Jacira Omena
Jacira Omena 215 posts

Viajante e Escritora - Escreveu o Livro - Viajar a Cavalo:Um Guia Passo a Passo. "Viajo pelo mundo a cavalo sempre a procura de algo novo e surpreendente, e com grande frequência sou bem-sucedida nessa busca!

*O conteúdo dessa matéria é de inteira responsabilidade do seu autor, não tendo a Viajar a Cavalo qualquer responsabilidade sobre o teor dessas informações.

Você também pode gostar de

Peregrinação a Cavalo

Há algum tempo atrás estive no Santuário de Santo Expedito (SP), e lá fiz uma promessa, a mesma que motivaria uma viagem diferente e especial na minha vida. Prometi que se o pedido que ali fiz fosse alcançado, eu iria da minha casa, em Pompéia (SP), até o Santuário montado em um cavalo, sem dinheiro, sem comida, sem preparar o trajeto e os locais de pouso e tudo que cercaria essa aventura que gosto de chamar de Peregrinação.

Viagem a Cavalo Leia e comente!

Caminho dos Diamantes – A Rotina

O caminho dos Diamantes foi sem dúvida o mais difícil dos quatro que percorri. Dos 395 km / 178,3 são de subidas e descidas sendo 26% de asfalto, 0,5% de trilhas e 73,5% de estradas de terra divididos em 18 planilhas na companhia da Reserva da Biosfera da Serra do Espinhaço e de suas paisagens exuberantes.

Diários de viagens 2 Comentários

Viajar a Cavalo – Colômbia – Filme

Em maio de 2015 fui a Colômbia fazer uma Viagem a Cavalo. Fiz parte do terceiro grupo internacional a fazer Viagem a Cavalo na Colômbia!
Por que Colômbia?
Primeiro por ser a terra do cavalo Paso Fino que sempre me encantou. E depois por ser um país muito rico em belezas naturais, diversidade de cenários, arquitetura, história e costumes.

Leia e comente!

Nenhum Comentário ainda

Você pode ser o primeiro a comentar esse post!