Cavalo e a Vida Nordestina

Cavalo e a Vida Nordestina

Foto: Cedida por cavalonordestino.blogspot.com.br

 

Por Jacira Omena*

 

Muita gente no Brasil conhece o Nordeste por suas lindíssimas praias, pela música, pelo povo, pelo sotaque, pelos indicadores sociais nada favoráveis, mas poucos conhecem a tradição sertaneja que vem desde a época da colonização do país e ainda se perpetua naqueles rincões. 

Junto com a tradição do Cavalo Nordestino vem o vaqueiro com sua vida sacrificada, o gado, a caatinga, seus costumes e tradições. 

Vejam esse documentário de Carlos Tourinho sobre esse universo tão perto e ao mesmo tempo tão distante de todos nós. É um Brasil que poucos brasileiros e até nordestino têm conhecimento.

Documentário de Carlos Tourinho

 
Fonte: Luís Cléber – cavalonordestino.blogspot.com.br

 

Anterior Antigas Tentativas de Preservação do cavalo Nordestino
Próximo Meu Panga - Livre!

Sobre o Autor

Jacira Omena
Jacira Omena 193 posts

Viajante e Escritora - Escreveu o Livro - Viajar a Cavalo:Um Guia Passo a Passo. "Viajo pelo mundo a cavalo sempre a procura de algo novo e surpreendente, e com grande frequência sou bem-sucedida nessa busca!

*O conteúdo dessa matéria é de inteira responsabilidade do seu autor, não tendo a Viajar a Cavalo qualquer responsabilidade sobre o teor dessas informações.

Você também pode gostar de

Viajar a Cavalo – Coisas do Equador!

Boa gente, boa comida, preços bons, além da arquitetura colonial linda do centro histórico da cidade. Equador tem excelentes cafés, chocolates e chapéus!!!

Histórias e Tradições Leia e comente!

Tereré & Chimarrão – Semelhanças e diferenças!

Na minha jornada de vida, já tive oportunidade de beber tanto um quanto o outro, e posso dizer que além da erva-mate em comum, o tereré e o chimarrão tem o poder de aproximar pessoas!

Histórias e Tradições Leia e comente!

Tradições Equestres na Europa

Em recente viagem por alguns países da Europa, sem finalidades ou objetivo relacionado ao cavalo, mas sempre com o olhar atento a esse universo, claro que me deparei com várias situações que não pude deixar de documentar, entusiasmar e pensar um pouco a respeito.

Leia e comente!

Nenhum Comentário ainda

Você pode ser o primeiro a comentar esse post!