Cavalos Marchadores em Viagens pelo Mundo

Cavalos Marchadores em Viagens pelo Mundo

Cavalo Marchador

Foto: Marianne Cambray

Por Jacira Omena*

 

Durante muitos anos o cavalo teve um exclusivo e importante papel no transporte, no trabalho agrícola e na pecuária. E papel relevante nas guerras. Atualmente, eles estão também muito associados aos momentos de lazer como passeios, cavalgadas e viagens a cavalo.

Os cavalos marchadores pelas características de seu andamento trazem o conforto e prazer tão associados a esses momentos.

Os brasileiros são aficionados por cavalos marchadores, e o nome do Mangalarga surge de imediato quando tratamos desse assunto. Mas não podemos esquecer de outras raças brasileiras como o Campolina e Piquira, e do Jumento Pega.

cavalos marchadores

Foto: Fábio Vidigal

No restante do mundo, quando falamos de cavalos marchadores, surgem raças com essas características majoritariamente nas Américas (Paso Peruano,  Paso Fino, Paso Costarriquenho, Kentucky Mountain Saddle Horse, Tennessee Walking Horse, Missouri Foxtrot, Rocky Mountain horse), poucas na Ásia (Marwari e Kathiawari), e apenas uma na Europa (Cavalo Islandês).

cavalos marchadores

Foto: Jacira Omena

Conheço pessoas que não se imaginam montando outro tipo de cavalo. E esse sentimento leva-as a não se imaginar viajando a cavalo diante da possibilidade de não ter no destino cavalos tão confortáveis quanto aos que estão habituadas.

Preparamos uma lista de destinos de viagens a cavalo com cavalos marchadores.

ESTADOS UNIDOS – Tennessee Walking Horse, Missouri Foxtrot e Cavalo Islandês

MISSOURI – CALIFORNIA – VERMONT

PERU – Paso Peruano

Canyon e Vale do Colca – Arequipa

ARGENTINA – Paso Peruano e mestiços de Paso Colombiano

Salta e Sierra Chicas

BRASIL – Mangalarga Marchador

Estrada Real (MG) – Ibitipoca (MG) – Rio de Janeiro – Paraná – Bahia – Timbáu do Sul (RN)

INDIA – Marwari e Kathiwari

Rajastão

ISLÂNDIACavalo Islândês

ITÁLIA – Cavalo Islândês

COSTA RICA – Paso Costarriquenho

Hidden Trails – operadora internacional tem um link especial para esse tipo de viagem – http://www.hiddentrails.com/www.hiddentrails.com/tourtype/GaitedHorses.aspx


Cavalgadas Brasil – operadora nacional – preparou uma lista com seus roteiros e programações em várias partes do Brasil e no mundo onde os clientes podem contar com cavalos marchadores.

BRASIL

ESTRADA REAL –http://www.cavalgadasbrasil.com.br/cavalgadas/cavalgada-na-estrada-real—berco-do-mangalarga

IBITIPOCA – http://www.cavalgadasbrasil.com.br/cavalgadas/cavalgada-de-ibitipoca

RIO DE JANEIRO –  http://www.cavalgadasbrasil.com.br/cavalgadas/cavalgada-na-trilha-de-darwin-  

PARANÁ –  http://www.cavalgadasbrasil.com.br/cavalgadas/caminho-das-tropas–

MUNDO

ARGENTINA – http://www.cavalgadasbrasil.com.br/cavalgadas/cavalgada-nas-sierras-chicas-de-cordoba

PERU – http://www.cavalgadasbrasil.com.br/cavalgadas/cavalgada-das-tradicoes-peruanas—vale-do-colca,-cusco-e-machu-picchu

ISLÂNDIA – http://www.cavalgadasbrasil.com.br/cavalgadas/travessia-na-islandia

ÁFRICA DO SUL – http://www.cavalgadasbrasil.com.br/cavalgadas/cavalgada—safari-em-witteberg–+-300-cavalos-arabes-e-boerperd

 

Anterior A Sela do Seu Cavalo Não está Adequada - Quais os Sinais?
Próximo A cavalo - Pelas Praias de Alagoas

Sobre o Autor

Jacira Omena
Jacira Omena 193 posts

Viajante e Escritora - Escreveu o Livro - Viajar a Cavalo:Um Guia Passo a Passo. "Viajo pelo mundo a cavalo sempre a procura de algo novo e surpreendente, e com grande frequência sou bem-sucedida nessa busca!

*O conteúdo dessa matéria é de inteira responsabilidade do seu autor, não tendo a Viajar a Cavalo qualquer responsabilidade sobre o teor dessas informações.

Você também pode gostar de

Boas Práticas de Manejo Leia e comente!

Diferenças no Trabalho Diário com Cavalos – Europa

Temos no Brasil algumas vantagens como mais espaço e mais cavalos, mas estamos longe de alcançar o nível de cultura equestre desses países mais desenvolvidos.
Pelo menos no que se refere ao respeito e ao bem-estar equino poderíamos passar, desde já, a trabalhar para nos igualarmos ou nos aproximarmos a esses países.
Não é preciso ser mais rico. É só uma questão de consciência e de educação equestre.

Um cenário idílico onde “o sol nasce e se põe no mar”

A experiência de cavalgar, por cerca de 13 Km, pelas praias desertas da lagoa é um dos pontos fortes desse roteiro, em que o viajante vai se deparar com um pôr do sol de rara beleza, banhando a paisagem com cores douradas que se refletem nas águas do mar

Guias e tutoriais Leia e comente!

Quem Faz Viagem a Cavalo?

Para fazer esse tipo de viagem, antes, a pessoa tem de gostar de viajar. De todos os tipos de viagens. Tem de ter curiosidade sobre a vida, cultura e história em geral.

1 Comentário

  1. Luara
    julho 23, 19:52 Reply
    Ótimo ter essas indicações, muito obrigada! Só faltou citar o cavalo Campeiro, "o marchador das araucárias", originário do planalto catarinense e quase desconhecido fora de lá. Eu mesma, que aprendi a montar na capital de Santa Catarina, só o conhecia de nome - e, agora, pelas poucas páginas da internet.

Deixe um comentário