Laguna dos Patos – Por que esse nome?

Laguna dos Patos – Por que esse nome?

 

Por Vanessa Omena*

 

O Parque Nacional da Lagoa dos Peixes, onde fica a Lagoa dos Patos, fica localizado a poucos quilômetros da cidade de Tavares, município que o abriga em quase sua totalidade, e que foi povoado por imigrantes açorianos, em 1760. 

 Em 1760 os imigrantes açorianos chegaram à região sul do RS destinados a povoá-la, e assim assegurar o território para a coroa portuguesa.

 O nome da cidade – Tavares – é uma homenagem ao coronel Antonio da Silva Tavares, um dos primeiros moradores da região, que teria recebido do Rei de Portugal uma sesmaria, na área compreendida entre o Farol Mostardas e o Farol Capão da Marca, levando o município, emancipado em 1982, seu nome.

 Porém, antes da chegada dos imigrantes, aqui habitavam, há séculos, índios tupi-guaranis, minuanos, aracanes, carijós e os “patos”, que tinham o pé grande, chamado pé-de-pato, e por morarem às margens da lagoa, originaram o seu nome.

 Portanto, a Lagoa dos Patos chama-se assim devido aos seus primeiros habitantes – Índios Patos (pé grande, tipo “pé-de-pato”).

E não por causa da grande quantidade de patos que hoje vivem as suas margens.

Anterior Um cenário idílico onde “o sol nasce e se põe no mar”
Próximo Frutos do mar é tradição na culinária gaúcha do extremo sul do Brasil

Sobre o Autor

Vanessa Omena
Vanessa Omena 22 posts

Jornalista e escritora

*O conteúdo dessa matéria é de inteira responsabilidade do seu autor, não tendo a Viajar a Cavalo qualquer responsabilidade sobre o teor dessas informações.

Você também pode gostar de

Sua História é a sua Viagem Leia e comente!

Projeto Brasil Campolina Marchador

Há três anos nascia o projeto Brasil Campolina Marchador. Um projeto voltado para a arte e a educação. Projeto idealizado por Leonardo Letra, escritor e contador de histórias.

Identidade das Raças e Tradições Equestres

Desde os primórdios, havia uma tradição envolvendo trajes típicos e arreamento. Por arreamento entende-se embocaduras, sela e acessórios, ajudas auxiliares de equitação. Além das características raciais de morfologia e andamento, o arreamento e trajes típicos também estão ligados à identidade de cada raça.

Aparados da Serra 2015

Cavalguei por quatro dias em uma paisagem inigualável, com pessoas interessantíssimas, cavalos perfeitos e organização de primeira.

Leia e comente!

Nenhum Comentário ainda

Você pode ser o primeiro a comentar esse post!