Meu Panga – Livre!

Meu Panga – Livre!

Foto: Jacira Omena

 

Por Jacira Omena*.  

 

Há algum tempo venho observando o meu cavalo “Panga”. E ele de um cavalo muito arisco tornou-se um animal de muita sensibilidade e responsividade. Não estava tendo dificuldades com a rédea e estava achando que ele estava reagindo em excesso qualquer pressão maior. 

Desde que eu o comprei que comecei a usar o freio com apenas uma folha de rédea. Antes, pelos sinais que apresentava, provavelmente, usava uma cortadeira além do freio. 

Uma vez, em uma Viagem a Cavalo, cavalguei uma égua sem brida nenhuma na boca. E ela tinha energia de sobra, mas uma cabeça divina. Pensei que seria possível fazer a mesma coisa com meu cavalo. O ponta pé inicial para eu tomar a decisão veio com um texto que li de Sérgio Lúcio de Andrade sobre embocaduras. 

Foto: M. Cambray

Foto: M. Cambray

Já estava programando ir a Cachoeirinha – PE, e decidi ir para comprar algumas coisas para o meu cavalo e também ajudar meu irmão em algumas compras. Aproveitei para procurar alguma coisa que pudesse substituir o freio que estava usando.  

Lá chegando entrei em algumas selarias e perguntei se eles não tinham uma cabeçada que eu pudesse usar sem bridão ou freio. Eles olharam para mim, a princípio, como alguma coisa impossível de existir. Na terceira tentativa, encontrei uma dona de loja bastante interessada em ouvir e entender a questão. Além disso, tive a ajuda de um outro cliente, entendido em cavalos, que teve toda a atenção para me ajudar. Enfim, consegui uma espécie de “cortadeira” de couro que poderia ser adaptada a cabeçada tradicional para cortadeira, ainda muito usada no Nordeste. 

Fiquei feliz, e mais feliz ao chegar na fazenda do meu irmão onde fica o  meu cavalo. Usei a nova cabeçada sem “ferro”, e meu cavalo reagiu lindamente. Fiz tudo que sempre fiz com ele. E não senti nenhuma diferença.  

A diferença foi que ele estava livre para comer capim sem nenhuma dificuldade na trilha e eu ter a certeza de que para eu me divertir ele não precisava sentir dor.

viajaracavalocabecada1 viajaracavalocabecada2 viajaracavalocabecada3

 

Fotos: Jacira Omena

Anterior Cavalo e a Vida Nordestina
Próximo Cachoeirinha/PE - Tradição Equestre

Sobre o Autor

Jacira Omena
Jacira Omena 193 posts

Viajante e Escritora - Escreveu o Livro - Viajar a Cavalo:Um Guia Passo a Passo. "Viajo pelo mundo a cavalo sempre a procura de algo novo e surpreendente, e com grande frequência sou bem-sucedida nessa busca!

*O conteúdo dessa matéria é de inteira responsabilidade do seu autor, não tendo a Viajar a Cavalo qualquer responsabilidade sobre o teor dessas informações.

Você também pode gostar de

Entre Orelhas Leia e comente!

Aparados da Serra Entre Orelhas

Uma seleção de fotos que mostra a minha visão da região dos Aparados da Serra, Rio Grande do Sul, Entre Duas Orelhas.

Associação de Equoterapia Vassoural – AEV

Associação de Equoterapia Vassoural (AEV) ocupa espaço destinado as AÇÕES SOCIAIS através do cavalo.
Conheça um pouco mais sobre essa instituição e a Equoterapia.

Esporte Equestre Adaptado

Além dos atendimentos equoterápicos, os praticantes da Associação de Equoterapia Vassoural (AEV) conseguem guiar o seu cavalo com certa independência e segurança e passam a fazer parte do Quarto Programa da Equoterapia (segundo a ANDE – Brasil), que é o Programa Esportivo, sendo assim, preparados e orientados pela equipe para participarem do Esporte Equestre Adaptado, um novo e amplo espaço de inclusão social que se abre para seus praticantes.

3 Comentários

  1. Luara
    julho 24, 18:22 Reply
    Excelente!!!! Não gosto muito de embocaduras (monto só com uma focinheira de algodão grosso) e tenho horror a cortadeira, mas as cabeçadas até que são bonitas, e mantém a focinheira direitinha. Essa focinheira que você comprou já estava pronta, em estoque, ou foi confeccionada especialmente pra você?
    • Jacira Omena
      agosto 27, 17:36 Reply
      Fiz um arranjo, Luara. Mas já existem vários modelos importados e alguns nacionais que foram desenvolvidos visando o bem estar animal.
  2. quinho
    março 23, 10:59 Reply
    Bom di,a poderiam também informar aonde pode se comprar está cabeçada sem uso de freio ou bridão pela internet, pois me encontro no Rio de janeiro e por aqui não encontro.
    • Jacira Omena
      maio 03, 15:29 Reply
      Seu comentário está em moderação
      Quinho, enviei por email um link.

Deixe um comentário