A Origem do Nome Mangalarga/Manga-larga

A Origem do Nome Mangalarga/Manga-larga

Duas versões interessantes

Por Jacira Omena*

Em outra publicação do viajaracavalo.com.br tratamos do início da formação do cavalo manga-larga, seus ascendentes e fatos históricos associados a raça.

Veja:

Seguindo a missão de desvendar e revelar informações sobre essa grande raça nacional, agora, de forma breve trataremos de elucidar o porquê do nome manga-larga (manga-larga).

Já sabemos que a origem da raça tem tudo a ver com o Sul de Minas e o famoso Barão de Alfenas, que além de deputado, figura influente na corte e proprietário de vastas terras, foi exímio criador de cavalos.

Manga-larguinha

No testamento do Barão, ele deixa um cavalo de nome Manga-larguinha para a sua neta Gabriela. Parece ser o primeiro registro dessa denominação associado ao que viriam ser os cavalos da raça manga-larga.

Por que Manga-larga?

Duas versões concorrem para ser a verdadeira e oficial. Qual delas você irá escolher?

Gosto da primeira, mas não deixarei de relatar brevemente a segunda.

Primeira versão para o nome Manga Larga

Vamos a primeira – Em Paty do Alferes, Rio de janeiro, naquela época, existia uma fazenda chamada Manga larga de propriedade de um deputado, colega de corte do então também deputado Barão de Alfenas. Esse foi convidado pelo colega para visitar a sua fazenda com o intuito de lhe mostrar os belíssimos cavalos que ali ele mantinha. O Barão gostou do que viu, elogiou os animais, mas logo fez um convite para o colega visitar a sua Fazenda Campo Alegre, no Sul de Minas, onde ele tinha cavalos melhores que aqueles. Convite aceito, seu colega deputado foi lá, e não voltou com as mãos abanando. Ficou tão maravilhado com os cavalos do Barão que tratou logo de adquirir alguns exemplares para o seu próprio uso. Passou a desfilar com eles pela capital da corte, o Rio de Janeiro, e a chamar atenção por onde passava. Todos queriam saber quem eram aqueles que montavam aqueles cavalos. Respondiam: são os donos da Manga larga. E assim diz tanto a história oficial quando a lenda que logo os cavalos passaram a ser conhecidos como os Manga larga. E todos que iam a fazenda do Barão, no Sul de Minas, pediam cavalos iguais aos da Manga larga.

Segunda Versão

A segunda versão? É a mais singela e breve. Dizem que a origem do nome manga larga vem da forma característica e peculiar como o cavalo dessa raça anda, como se estivesse usando mangas.


Curiosidade: A Fazenda Manga Larga ainda existe. Fica no município de Paty do Alferes, região de Itaipava. Hoje funciona como um hotel fazenda.


Fonte:

Mangalarga Marchador

Manga-larga Marchador do Brasil – O livro.

 

 

Anterior A Moça que o Cavalo Derrubou.
Próximo Equoterapia - Atuação do Psicólogo

Sobre o Autor

Jacira Omena
Jacira Omena 199 posts

Viajante e Escritora - Escreveu o Livro - Viajar a Cavalo:Um Guia Passo a Passo. "Viajo pelo mundo a cavalo sempre a procura de algo novo e surpreendente, e com grande frequência sou bem-sucedida nessa busca!

*O conteúdo dessa matéria é de inteira responsabilidade do seu autor, não tendo a Viajar a Cavalo qualquer responsabilidade sobre o teor dessas informações.

Você também pode gostar de

Guias e tutoriais Leia e comente!

Graciosa ou Viril?

No século XIX, a obsessão pela diferença dos sexos não permitiu o desenvolvimento da equitação feminina

Guias e tutoriais Leia e comente!

Gastronomia de viagem – Entrevero

Diversos tipos de carnes, bacon, pimentões e temperos se sucedem no tacho de ferro, ou disco (muito usado na região) contribuindo para a “confusão” final.

Gastronomia Leia e comente!

Gastronomia & Viagens

Você se vê salivando por algum prato típico de um lugar antes mesmo de chegar lá?
Viajar a Cavalo também entra na rota culinária e desvenda os sabores locais!

Leia e comente!

Nenhum Comentário ainda

Você pode ser o primeiro a comentar esse post!