Viajar a Cavalo, Verena Matzen, é a sua Paixão!

Foi ao viajar a cavalo pela região dos Aparados da Serra no Rio Grande do Sul que encontrei pela primeira vez com Verena. Dividimos os vários quartos de hotéis e pousadas que faziam parte daquele roteiro. Sai de lá sabendo muito pouco sobre ela, pois a paisagem belíssima da região e os cavalos absorviam toda a minha atenção.

Melhor assim! Pois, ao receber as suas respostas as diversas perguntas que fiz na tentativa de decifrar a pessoa por traz de tanta paixão pela natureza e os animais, fui surpreendida a cada descoberta.

Fico feliz que ela tenha ficado satisfeita com a narrativa sobre ela e sua paixão por viajar a cavalo.

Tenho certeza que sua história é uma inspiração!

Verena Matzen nasceu em Buenos Aires, Argentina. Isso por si só não define a sua nacionalidade nem ela como pessoa, ou mesmo, explica a sua paixão por cavalos.

Muito pequena, veio para o Brasil com sua família. Não antes de sofrer a influência do tradicional ambiente rural argentino. Aos seis meses de idade já era colocada, por sua mãe, em cima dos cavalos da fazenda da sua avó materna, na região de Córdoba. Foi o começo e o desencadear de um sentimento profundo pelos cavalos.

Com uma precoce formação humanística e forte abordagem artística e filosófica, tomou como profissão as artes plásticas, que a levou para terras distantes e metropolitanas como Paris, Berlin e, enfim, São Paulo, onde se estabeleceu e mantém o seu atelier, junto com Isabelle Tuchband – Atelier Cité. Mesmo assim, sempre volta as suas origens, ao contato com a natureza e os cavalos. Para manter essa proximidade, adotou a equitação como hobby e esporte. Na sua obra – O Cavalo no Éden – podemos ver a forte influência desses elementos em sua vida.Como também em – O Arcanjo Miguel sobre o Cavalo, e Virgen del Rocio.

Cavalo no Éden – Verena Matzen

O Arcanjo Miguel sobre o Cavalo – Verena Matzen

Virgen del Rocio – Verena Matzen

Em 2011, fez vários roteiros de dois dias com seus primos na região de Córdoba, o que a encorajou a fazer a sua primeira viagem a cavalo. Explorou a região dos Aparados da Serra, no Rio Grande do Sul juntamente com outras pessoas que nutrem o mesmo carinho pelos cavalos e interesses pela natureza e lugares remotos. Descobriu que as mulheres nesse tipo de atividade não é uma exceção, é frequentadora assídua, e com a sua fortaleza, sensibilidade e independência se ajusta muito bem a simplicidade e rusticidade do ambiente campestre.

O sentimento de liberdade, profunda emoção e, um contato quase místico com o cavalo junto ao seu coração fez com que viajar a cavalo se transformasse em uma paixão, e que cada viagem fosse mais uma inspiração para explorar um outro destino.

Na última viagem, percorreu as serras na região de Córdoba avistando condores e tendo como companhia mais de cem cavalos que pastavam livremente pela região. Ficou em uma casa de quatrocentos anos pertencente a uma família de ingleses que migraram há muitos anos atrás para essa região, e compartilhou não só as relíquias de seus antepassados, mas também, a sua hospitalidade e paixões afins.

Foi inesquecível o fato de ter percorrido essas paisagens com o Negro Onze, cavalo da raça Passo Peruano, em cima de uma sela militar antiquíssima da Índia, pertencente ao avô dos proprietários da estância.

Foto: Valdemir Cunha

 Todos esses fatos e sensações suscitam “a vontade de nunca parar de andar a cavalo”. E, quando perguntada sobre a viagem a cavalo dos seus sonhos, não hesita em citar – O Delta do Okavango – Botswana.


Verena Matzen é uma da 33 pessoas que foram convidadas a fazer parte do Livro – Cavalgar, Nossa Paixão.

Jacira Omena é co editora, co autora e co redatora deste livro.


Veja também!

Viajar a Cavalo, Luiz Otávio Carneiro, é a sua Paixão!
Anterior O Cavaleiro e a ferradura - Curiosidades do Santuário de N.S Aparecida
Próximo Viajar a Cavalo, Luiz Otávio Carneiro, é a sua Paixão!

Sobre o Autor

Jacira Omena
Jacira Omena 193 posts

Viajante e Escritora - Escreveu o Livro - Viajar a Cavalo:Um Guia Passo a Passo. "Viajo pelo mundo a cavalo sempre a procura de algo novo e surpreendente, e com grande frequência sou bem-sucedida nessa busca!

*O conteúdo dessa matéria é de inteira responsabilidade do seu autor, não tendo a Viajar a Cavalo qualquer responsabilidade sobre o teor dessas informações.

Você também pode gostar de

História, Arte & Literatura 2 Comentários

Os 50 Melhores Filmes Sobre Cavalos da História

A melhor coisa depois de cavalgar é assistir filmes sobre cavalos. Cada um tem o seu favorito.

Guias e tutoriais Leia e comente!

Viajar a Cavalo – Por quê?

O que tem de tão especial?
Vê um lugar em cima de um cavalo leva você para fora dos caminhos convencionais, para áreas de imensas belezas naturais onde a maioria das pessoas não se aventura a ir por serem remotas ou pouco conhecidas e visitadas, Isso faz a viagem muito especial. Quando você cavalga para explorar um lugar, você se desloca mais cuidadosamente pelo ambiente e isso faz com que você perceba mais as coisas do que se você caminhasse, pedalasse, ou fosse motorizado. Isso inclui cenários alucinantes, cultura local e vida selvagem

Raças de Cavalos Leia e comente!

Crioulo – O Cavalo da América

Através do convívio diário durante essas viagens, desenvolvi a admiração pelo Cavalo Crioulo.
Meu primeiro contato com eles foi durante uma das primeiras viagens a cavalo que fiz, na região do Parque Nacional Torre del Paine, Chile. Atravessei terrenos difíceis, um dia atrás do outro, sem que o meu cavalo arrefece-se um só momento. Chamou a minha atenção, desde o princípio, a segurança dos seus passos, indiferente, entre subidas, descidas e caminhos pedregosos estreitos. Adquiri uma confiança cega nesse cavalo!

Leia e comente!

Nenhum Comentário ainda

Você pode ser o primeiro a comentar esse post!